Criação de célula artificial revoluciona a Ciência

Uma das descobertas mais comentadas dos últimos tempos, vale a pena colocar aqui pra vocês, especialmente pra quem não teve muito tempo de estar assistindo o jornal esses dias.

Pesquisadores americanos anunciaram nesta quinta (20/05)  uma revolução na história da Ciência. Eles criaram uma célula artificial e, imediatamente, deram origem também a uma preocupação no meio científico.

Depois de 15 anos de trabalho, os cientistas conseguiram algo extraordinário no laboratório: células começaram a se reproduzir. Seres humanos programaram a informação genética que passou a controlar a vida e a reprodução dessas células.

Primeiro, os cientistas produziram em laboratório uma cópia sintética do genoma de uma bactéria, o conjunto de todo o material genético localizado no núcleo das células. Em seguida, acrescentaram sequências de DNA com uma marca para diferenciar o material produzido em laboratório daquele encontrado na natureza. Depois inseriram o novo genoma dentro de uma outra bactéria. O genoma sintético passou a funcionar normalmente.

Nesta quinta, Craig Venter, um dos inovadores da biotecnologia nos Estados Unidos, disse que as células sintéticas poderão revolucionar o dia a dia do ser humano. Segundo ele, vacinas, como a da gripe, poderão ser feitas em horas. Hoje, eleas demoram meses para ser produzidas.

A célula pode ser desenhada no computador para desempenhar uma função que não existe na natureza, por exemplo, capturar dióxido de carbono na atmosfera e transformar o que é poluição em combustível e a célula vai se reproduzir sozinha.

Venter diz que células sintéticas podem iniciar uma nova revolução industrial dentro de dez ou 20 anos, produzindo alimentos baratos, novas formas de filtrar água e de produzir energia.

Mas os cientistas alertaram também, que células artificiais poderiam ser usadas como armas biológicas. Por isso, pediram controle rígido do material genético usado para criar um genoma.

Esquema demonstrando como foi criada a bactéria com DNA artificial.

As células sintéticas podem criar outra revolução industrial em 10 ou 20 anos, produzindo energia, alimentos baratos e novos meios de filtrar água. Mas cientistas temem seu uso como armas biológicas.

É bom lembrar, que esta descoberta está gerando muita polêmica, e dividindo opiniões no Brasil. Principalmente por parte de alguns especialistas que preocupam-se com questões éticas relacionadas ao tema. O Vaticano também reagiu à divulgação da notícia, porém foi cauteloso. A principal autoridade do Vaticano na bioética deixou claro que a Igreja não tem objeções sobre a descoberta das células artificiais. Mas disse que é preciso observar como elas serão usadas no futuro.

E vocês, o que acharam a respeito da criação dessas células!?

Fonte e imagem: Globo.com / G1

Post by: Alzira R. Farias

Bom final de semana pra vocês.

Ps: Agradecimento especial a um leitor nosso, que comentou em um de nossos posts, utilizando o nick de “Biólogo”. Obrigada pela visita, pelos elogios e pela crítica construtiva. Estaremos retificando a informação em breve!

Anúncios
Explore posts in the same categories: Notícias

One Comment em “Criação de célula artificial revoluciona a Ciência”

  1. miilena Says:

    eu goste mais não rende


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: