Um pouco sobre os Lagartos

Os lagartos ou sáurios (do latim científico Sauria, chamados ainda de Lacertilia) constituem uma vasta sub-ordem de répteis escamados.

Se diferenciam das serpentes (suas parentes próximas) devido à presença de quatro patas, pálpebras nos olhos, e ouvidos externos. Apesar disso muitas espécies de lagartos, como os licranços perderam suas patas durante a evolução, se tornando externamente semelhantes às serpentes. Semelhantemente também existem lagartos sem pálpebras (da família Gekkonidae) ou sem ouvidos.

Com mais de 5000 espécies conhecidas atualmente, os lagartos ocorrem em todos os continentes, exceto na Antártida e existem em diversos tamanhos, desde alguns centímetros, como alguns geckos, até 3 metros, como o dragão-de-komodo. São geralmente carnívoros, alimentando-se de insetos ou pequenos mamíferos, mas também há lagartos omnívoros ou herbívoros, como as iguanas. O monstro-de-gila, nativo do sul dos EUA, é a única espécie que é venenosa.

Alguns tipos de lagarto são capazes de regenerar partes do seu corpo, mais usualmente a cauda, mas em alguns casos mesmo patas perdidas. Enquanto a maioria das espécies põe ovos, outras são vivíperas ou ovovivíperas.Neste ano foi encontrado no cerrado de Tocantins uma nova espécie de lagarto, cujo nome científico é Stenocercus quinarius.

Ps: A imagem é meramente ilustrativa. Não é referente à nova espécie encontrada no cerrado do Tocantins, ok?

Fonte: Wikipedia

Post by Zirah Farias

Anúncios
Explore posts in the same categories: Herpetologia

Tags: , , , , , , , , , , ,

You can comment below, or link to this permanent URL from your own site.

11 Comentários em “Um pouco sobre os Lagartos”

  1. antonio carlos satiro Says:

    boa noite, tenho uma chacara e estou tendo pobremas cm essa especie de lagarto na foto acima,nao quero matalos
    mas toda criaçao que poe ovos no chao eles vem e comem, tanbem comem pintinhos e patinhos e atacam meus caes.O que posso fazer para mudar essa situaçao sem ter que matalos e claro? agradeço se puder medar alguma informaçao, obrgd…….

    • biogalera Says:

      Olá Antonio
      Primeiramente, muito obrigado por visitar nosso blog!
      Esse é um dos propósitos do Biogalera, ou seja, servir como fonte de informação de não só para estudantes de biologia, mas com a comunidade em si,
      E antes de lhe responder, gostaria de parabenizá-lo pela atitude que você teve, outros não ligariam para tal fato e acabariam matando esses bichos.
      Então, lagartos normalmente se alimentam de vegetais, insetos e ovos, que é o problema que você está tendo com sua criação.
      O ideal Antonio seria você comunicar a algum órgão competente como o IBAMA, por exemplo. Mas se você morar perto de alguma universidade reconhecida, comunique ao departamento de biologia, que tenho certeza que os alunos licenciados, ou seja, que tenham autorização para fazer o manuseio desses animais poderão transferi-los da sua chácara com os devidos cuidados, para que esse bichos não sofram nenhum trauma.
      Ah! Denuncie as entidades competentes se houver queimadas, desmatamentos, etc. próximo à sua chácara, pois são fatores que ocasionam a migração de não só lagartos, mas como qualquer outro bicho para áreas urbanas, e no seu caso específico, para sua chácara.
      Vlw Antonio pela visita e volte sempre que puder
      Resp: Kássio Castro

  2. Alessandro Says:

    Bom Dia!!!!!!!!parabéns pelo blog!!!!! recentemente comprei alguns metros quadrados de grama, e com ele recebí um presente.encontrei um pequeno lagarto junto aos rolos de grama. com o passar do tempo , esse pequeno e fascinante animal, tornou-se bem manso e procurei informações a respeito da alimentação e e ambiente.Não encontrei nada e acabei descobrindo que esse animal é uma nova espécie de lagarto encontrada recentemente no estado do Tocantins,(Stenocercus quinarius).pois então , gostaria de saber sobre hábitos e alimentação dessa espécie . obs: tirei algumas fotos , mas preciso de um endereço seus para que possa envia-las. Desde ja agradeço!!! obrigado!!!!!( só sei q ele alimenta-se de insetos tem habitat diúrno)

    • biogalera Says:

      Blz Alessandro!!!!
      Muitoo obrigado por visitar o Biogalera e volte sempre que puder!
      Então, por ser uma espécie nova os hábitos ainda não são tão conhecidos, esse bicho foi descrito pela 1ª vez em 2006 no Piauí.
      Esse lagarto é da mesma família dos vulgarmente chamados “calangos de parede”, talvez a alimentação seje parecida.
      Mas em via de regra, esses bichos comem cupins, formigas, etc. e normalmente fica escondido em buracos, troncos de árvores, folhagem, etc.
      Seria bacana que você me enviasse fotos do bicho pra eu poder conferir se realmente é um Stenocercus quinarius, pois como disse antes, temos exemplares dessa espécie no nosso estado e eu também poderia mostrar para uma prof. especializada nessa área da UFPI
      aqui meu e-mail: kassio.ufpi@gmail.com para que possa enviar as fotos do bicho!
      Eu tenho o trabalho de descrição dessa espécie e se realmente for ela eu lhe envio!
      Estou esperando as fotos e assim que me mandar lhe falo mais sobre os habitos desse bicho!
      Obg pela visita!
      Abç!!!

  3. irene Says:

    moro em um condominio na rodovia castelo branco aqui eu ja vi esse lagarto da foto e tbem tatu veado coelho lobo guara tucano gavião e varias cobras entre outros passaros estou fazendo um pomar bem grande e gostaria de saber o q devo fazer p/ não atrapalhar a vida desses animais perto de casa uma rua a frente tem uma floresta nativa por ser um vale não da p/entrar

  4. biogalera Says:

    Olá Irene, obrigada por visitar o Blog, sinta-se a vontade para voltar sempre que quiser! Acredito que o pomar em sí, não vá atrapalhar a vida desses animais, uma vez que ele não venha a ser construído no habitat deles. O que pode acontecer é você receber a visita de alguns desses animais que você mencionou, por lá, visto que alguns deles se alimentam de vegetais, hortaliças, etc. O importante, é procurar perturbar o menos possível o ambiente em que eles vivem, não fazendo muito barulho, não tentando captura-los.. se por ventura algum deles for parar no seu condominio ou no pormar, avisar a um orgão competente como o Ibama, ou ao departamento de biologia de alguma Universidade próxima. No mais, acredito que esses são os procedimentos básicos. Os animais não costumam ter comportamentos hostis sem motivo, eles os utilizam como forma de defesa, se a rotina deles não for alterada pela “construção” do seu pomar, tudo ocorrerá em paz. Espero ter respondido sua dúvida. Abraços. Qualquer dúvida, estamos aqui.

  5. Pedro Afonso Freitas Says:

    Bom dia.
    Ontem ao chegar em casa encontrei um da mesma especie acima. Tentei pega-lo para levar para um mato perto da praia de Ipanema,mas o sacana se embretou no meu jardim.
    Agora eu reconheço o termo LAGARTEAR AO SOL,pois ele estava deitado ao lado da minha piscina,tomando sol.
    Se ele se adaptar,talvez possamos cuidá-lo e quem sabe domesticar.

  6. Vinícius Marinho Maschio Says:

    Oi td bem,
    bem semana passada encontrei um lagarto no meu jardim (ele tem mais ou menos 10cm é preto com todo rabo vermelho)pesquisei sobre ele e n achei nada ele come insetos apenas o q sei, mas ontem qando fui ver ele estava de barriga pra cima peguei ele (ele é bem docil) e estava se contorcendo pesquisei bastante e n achei nada, perguntei a uma pesso q ja teve 7 lagartos e ele me disse q pod ser infarto momentaneo (mas n sei o q é isso) vc poderia me ajudar?

    • biogalera Says:

      Fala vinícius
      Tudo certo aqui e agradecemos desde já a sua visita ao nosso Blog ;D
      Então rapaz, aqui quem está respondendo é Kássio Castro e queria te falar que trabalho com herpetologia, porém tenho meus estudos voltados para serpentes, no entanto acho que posso lhe responder.
      Então, pelas características que me deu do tal lagarto, acho que tu estejas falando do agama agama, que por sinal é de uma beleza incrível e seria muito interessante que você enviasse uma foto dele para concorrer a foto da semana do Biogalera, que logo logo estaremos disponibilizando para todos vocês o e-mail de contato.
      Então eu desconheço “infartos momentâneos” , porém um infarto comum, no caso o do miocárdio, é caracterizado quando o coração sofre qualquer obstrução (entupimento) no trajeto, assim, dependendo do tamanho desta obstrução o ritmo do bombeamento do sangue poderá sofrer uma redução, podendo causar angina (dores no peito) até a morte súbita.
      acho que se trate disso, seria bacana se você nos informasse se ele voltou a vida ou não, pois também pode se tratar apenas de uma estratégia de defesa, onde o réptil emite sinais de como se tivesse entrando em óbito, ou então ainda possa haver essa explicação, que é quando o bicho morre e sofre alguns movimentos cadavéricos…
      Espero poder ter ajudá-lo e se possível volte a entrar no Biogalera
      Vlw msm Vinícius
      Abraços ;D

  7. EDSON Says:

    muito enteressante esse saite porque mostra tudo que eo queria saber sobre largado

    • Maria Aparecida Toniato Cruz Says:

      Estou gostando muito deste espaço. Nunca tinha convivido com lagartos, sequer vi um na vida, mas aqui na minha cidade, de uma hora pra outra apareceram varios. Não sei definir ao certo o tipo, mas penso que seja lagarto pela caracteristicas que tem, principalmente por andar com a cabeça levantada. Estou com esse problem,a, pois sei que os maiores (cerca de 30 cm) vivem por cima das casas e em terrenos baldios, ja os pequeninos vivem pelo chão e o encontramos a todo momento. Está dificil de conter,até porque ja está entrando dentro de casa. O aque devo fazer para afata-los.

      Abraços

      Cidinha Cruz


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: