Arquivo para março 2010

Um pouco sobre as Ciências Biológicas. (Parte 2)

30/03/2010

Como prometido, aqui está a segunda parte do post, contendo as áreas de prestação de serviços, subáreas e áreas da educação que um biólogo por atuar.

Preparem-se para ler, porque é imenso! rsrs

É uma lista bem ampla de opções, se você pretende se formar em biologia, com certeza uma delas vai chamar a sua atenção! Já estou escolhendo a minha.

Prestação de serviços:

“Na prestação de serviços, os Biólogos podem propor estudos, projetos de pesquisa e/ou serviços; executar análises laboratoriais e para fins de diagnósticos, estudos e projetos de pesquisa, de docência de análise de projetos/processos e de fiscalização; realizar consultorias/assessorias técnicas; coordenar/orientar estudos/projetos de pesquisa e/ou serviços; supervisionar estudos/projetos de pesquisa e/ou serviços; emitir laudos e pareceres; realizar perícias; ocupar cargos técnico-administrativos em diferentes níveis; bem como atuar como responsável técnico (TRT)”.

“De acordo com a Resolução CFBio no 10/2003, as áreas e subáreas do conhecimento do Biólogo são as seguintes:


1 – Análises Clínicas.
2 – Biofísica: Biofísica celular e molecular, Fotobiologia, Magnetismo, Radiobiologia.
3 – Biologia Celular.
4 – Bioquímica:
Bioquímica comparada, Bioquímica de processos fermentativos, Bioquímica de microrganismos, Bioquímica macromolecular, Bioquímica micromolecular, Bioquímica de produtos naturais, Bioenergética, Bromatologia, Enzimologia.
5 – Botânica: Botânica aplicada, Botânica econômica, Botânica forense, Anatomia vegetal, Citologia vegetal, Dendrologia, Ecofisiologia vegetal, Embriologia vegetal, Etnobotânica, Biologia reprodutiva, Ficologia, Fisiologia vegetal, Fitogeografia, Fitossanidade, Fitoquímica, Morfologia vegetal, Manejo e conservação da vegetação, Palinologia, Silvicultura, Taxonomia/Sistemática vegetal, Tecnologia de sementes.
6 – Ciências Morfológicas: Anatomia humana, Citologia, Embriologia humana, Histologia, Histoquímica, Morfologia.
7 – Ecologia: Ecologia aplicada, Ecologia evolutiva, Ecologia humana, Ecologia de ecossistemas, Ecologia de populações, Ecologia da paisagem, Ecologia teórica, Bioclimatologia, Bioespeleologia, Biogeografia, Biogeoquímica, Ecofisiologia, Ecotoxicologia, Etnobiologia, Etologia, Fitossociologia, Legislação ambiental, Limnologia, Manejo e conservação, Meio ambiente, Gestão ambiental.
8 – Ética: Bioética, Ética profissional, Deontologia, Epistemologia.
9 – Farmacologia: Farmacologia geral, Farmacologia molecular, Biodisponibilidade, Etnofarmacologia, Farmacognosia, Farmacocinética, Modelagem molecular, Toxicologia.
10 – Fisiologia: Fisiologia humana, Fisiologia animal.
11 – Genética: Genética animal, Genética do desenvolvimento, Genética forense, Genética humana, Aconselhamento genético, Genética do melhoramento, Genética de microrganismos, Genética molecular, Genética de populações, Genética quantitativa, Genética vegetal, Citogenética, Engenharia genética, Evolução, Imunogenética, Mutagênese, Radiogenética.
12 – Imunologia: Imunologia aplicada, Imunologia celular, Imunoquímica.
13 – Informática: Bioinformática, Bioestatística, Geoprocessamento.
14 – Limnologia.
15 – Micologia: Micologia da água, Micologia agrícola, Micologia do ar, Micologia de alimentos, Micologia básica, Micologia do solo, Micologia humana, Micologia animal, Biologia de fungos, Taxonomia/Sistemática de fungos.
16 – Microbiologia: Microbiologia de água, Microbiologia agrícola, Microbiologia de alimentos, Microbiologia ambiental, Microbiologia animal, Microbiologia humana, Microbiologia de solo, Biologia de microrganismos, Bacteriologia, Taxonomia/Sistemática de microrganismos, Virologia.
17 – Oceanografia: Biologia Marinha (Oceanografia Biológica).
18 – Paleontologia: Paleobioespeleologia, Paleobotânica, Paleoecologia, Paleoetologia, Paleozoologia.
19 – Parasitologia: Parasitologia ambiental, Parasitologia animal, Parasitologia humana, Biologia de parasitos, Patologia, Taxonomia/Sistemática de parasitos, Epidemiologia.
20 – Saúde Pública: Biologia sanitária, Saneamento ambiental, Epidemiologia, Ecotoxicologia, Toxicologia.
21 – Zoologia: Zoologia aplicada, Zoologia econômica, Zoologia forense, Anatomia animal, Biologia reprodutiva, Citologia e histologia animal, Conservação e manejo da fauna, Embriologia animal, Etologia, Etnozoologia, Fisiologia animal/comparada, Controle de vetores e pragas, Taxonomia/Sistemática animal, Zoogeografia”.

Áreas da educação:

Na prestação de serviços, os Biólogos podem propor estudos, projetos de pesquisa e/ou serviços; executar análises laboratoriais e para fins de diagnósticos, estudos e projetos de pesquisa, de docência de análise de projetos/processos e de fiscalização; realizar consultorias/assessorias técnicas; coordenar/orientar estudos/projetos de pesquisa e/ou serviços; supervisionar estudos/projetos de pesquisa e/ou serviços; emitir laudos e pareceres; realizar perícias; ocupar cargos técnico-administrativos em diferentes níveis; bem como atuar como responsável técnico (TRT).


“Embora o Licenciado Pleno em Ciências Biológicas e o Licenciado em Ciências, com Habilitação em Biologia, possam também exercer a profissão de Biólogo, como determina a Lei no 6.684/1979, no exercício das atividades de magistério não é necessário o registro do profissional nos Conselhos Regionais de Biologia. Nestes casos, o profissional está exercendo a profissão de Professor, que é regulamentada por normas específicas.
Na área de Educação, os professores podem atuar na Educação Ambiental, na educação formal, no ensino fundamental e médio, atuando nas disciplinas Ciências e Biologia, na educação informal, bem como na educação não formal e no ensino superior.
No ensino superior, o Biólogo ainda pode exercer a pesquisa e a extensão, por isto há uma discussão para a necessidade do registro profissional destes profissionais.”

Referências: As informações apresentadas acima foram retiradas de uma entrevista contida neste blog www.gaussprofissoes.blogspot.com/

Muito bacana né? A biologia possui um leque enorme de opções. Já escolheu a sua?

Boa terça-feira.

Post By Zirah Farias.

I Simpósio de Biologia Animal

28/03/2010

I SIMPÓSIO DE BIOLOGIA ANIMAL

Será realizado no período de 24 a 28 de Maio de 2010
Na Universidade Federal do Piauí (UFPI), em Teresina.
Realização de Palestras e minicursos;
Apresentação de trabalhos científicos;
Inscrições até o dia do evento no Cabio – UFPI (Teresina) ou no Campus de Picos.

Taxa:
ESTUDANTES:
R$ 20,00 (palestra+minicurso)
R$ 15,00 (apenas palestra)
PROFISSIONAIS
R$ 25,00

Envio de resumos até 09 de Abril de 2010
e-mail: bioanimal@ufpi.edu.br

Segue abaixo a lista com os minicursos que serão oferecidos.

  • * Herpetofauna: Ecologia e Diversidade;
  • * Ferramentas básicas de análise genômica e molecular;
  • * Introdução a biologia da conservação;
  • * Ecologia de aves;
  • * Noções de taxidermia;
  • * Técnicas de coleta, montagem e identificação de insetos;
  • * Animais peçonhentos;
  • * Biologia de crustacea decapoda;
  • * Biologia e diversidade de mamíferos no nordeste; e
  • * Ecologia numérica.

E além dos minicursos, palestras e workshops

Para mais informações, visitem o site oficial do simpósio:

www.ufpi.br/bioanimal

PS: Todas as informações foram retiradas do site oficial do simpósio.

Pra Começar.

28/03/2010

Bom, nós somos estudantes do curso de Ciências Biológicas  da Universidade Federal do Piauí – UFPI (Campus Ministro Reis Velloso). Unidos pela paixão pela biologia, resolvemos criar este blog, visando mostrar “ao mundo”, como a biologia é importante em nossas vidas  (não somente a biologia, mas a ciência como um todo).  Dividiremos este blog em categorias, afim de fornecer informações interessantes  aos mais diferentes públicos que venham a visitá-lo, inclusive aos estudantes de biologia. Aqui, além de informações, curiosidades, experiências, trabalhos científicos, entrevistas entre outros, também estaremos disponibilizando datas de simpósios, congressos e notícias em geral relacionadas à Biologia. De início, essa é a proposta, mas estamos abertos a sugestões.

Sejam bem-vindos ao BioGalera.